terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Assistir Filmes Dublados AO VIVO os Melhores Filmes de Ação e Aventura

"Assista os Melhores Filmes de Ação e Aventura Online"

Juventus x Tottenham: quem vence pelas oitavas de final da Champions League?

Italianos e ingleses se enfrentam pela partida de ida do mata-mata da competição continental
Juventus e Tottenham jogam nesta terça-feira (13), às 17h45 (de Brasília), em Turim. O duelo promete ser equilibrado. Enquanto os Spurs não perdem há 12 partidas seguidas, a Velha Senhora, que tem série invicta de oito, sofreu somente um gol nos últimos 16 jogos.
GFX bet365 Juventus x Tottenham
Na fase de grupos, a equipe comandada por Massimiliano Allegri, que é líder absoluta da Serie A, fez 11 pontos, três a menos que o primeiro colocado Barcelona. O time não poderá contar com Matuidi, Cuadrado e Höwedes, lesionados. Dybala, que voltou a treinar com o elenco na segunda-feira (12), também está de fora.
"Vamos ter de jogar com inteligência e técnica, e tentar não sofrer gols, embora um 0 a 0 não me deixe satisfeito. Teremos de estar atentos a todos os aspectos durante os 90 minutos porque dificilmente uma equipe consegue dominar por completo um jogo como este", afirmou Allegri.
O duelo de oitavas de final é especial para Buffon, que completou 40 anos em janeiro, e tenta mais uma vez levantar a taça da UCL, um dos únicos de títulos que lhe faltam. A provável Juve tem a provável escalação: Buffon; De Sciglio, Benatia, Chiellini, Alex Sandro; Khedira, Pjanić, Bentancur; Douglas Costa, Higuaín e Mandzukic.
Já a equipe inglesa garantiu cinco vitórias e um empate em uma chave que tinha o atual campeão europeu e mundial, Real Madrid, Borussia Dortmund e APOEL.Sem desfalques e com Lucas Moura, recém-contratado, Mauricio Pochettino quer marcar gols fora
Com Harry Kane como principal destaque, o Tottenham, que é o quinto colocado na Premier League, deve entrar em campo pela Champions, com Lloris; Trippier, Alderweireld, Vertonghen, Davies; Dier, Dembélé; Eriksen, Alli, Son; Harry Kane.
Harry Kane, Tottenham(Foto: Getty Images)
“Meu avô me fez fã da Juve, era sua equipe. Ele falava muito, mas eu não entendia quase nada. Depois de um tempo compreendi o tamanho da equipe. É um sonho enfrentar a Juventus, é do nível de Barcelona, Real Madrid e Bayern de Munique. Agora eu quero vencê-la. Queremos chegar longe, estamos trabalhando”, garantiu o treinador dos Spurs.
Os centroavantes Higuaín e Kane são os principais artilheiros de suas equipes. A cotação para ambos marcarem a qualquer momento do jogo é de 2.50 e para que balancem as redes com o primeiro ou o último tento da partida é de 5.00
A partida de volta das oitavas de final da UCL será em Wembley, no dia 7 de março.  A Juventus esteve em duas das últimas três finais da principal competição de clubes da Europa. Apesar disso, a cotação para que os italianos classifiquem para as quartas é de 1.75, contra 2.10 do Tottenham, um número bem próximo.

domingo, 24 de setembro de 2017

Assistir Lutador De Rua Completo Dublado

"Assista Lutador De Rua Completo"

Assistir Leão Branco - O Lutador Sem Lei 1991 Completo

"Assista Leão Branco - O Lutador Sem Lei 1991"

Cresce popularidade de Lula e rejeição a Moro e Bolsonaro, diz pesquisa

Jornal GGN 
Mesmo após a delação informal de Antonio Palocci alegando que Lula tinha um "pacto de sangue" com a Odebrecht, a aprovação ao ex-presidente cresceu de novo segundo pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos na primeira quinzena de setembro.
De acordo com o Ipsos, a taxa positiva do petista subiu 32% para 40% e está no maior patamar registrado nos últimos 2 anos de levantamento. Ao mesmo tempo a desaprovação a Lula caiu de 66% para 59%.
Enquanto isso, a desaprovação a Sergio Moro cresceu e está em 45%. O Estadão diz que é o "recorde" negativo registrado desde setembro de 2015.
Jair Bolsonaro sofreu dois revés, segundo a pesquisa: a rejeição saltou de 56% para 63% e a aprovação caiu de 21% para 19%.
Para Danilo Cersosimo, um dos responsáveis pela pesquisa Ipsos, o levantamento atual não colocou Bolsonaro consolidado em segundo lugar na preferência do eleitorado, mas mostrou que Lula alcançou talvez seu maior patamar. “Dificilmente ele passará disso. A rejeição a seu nome é ainda muito grande, difícil de reverter”, avalia.
A desaprovação a Temer alcançou 94%.
Do Jornal GGN 

sábado, 8 de julho de 2017

Loteria Federal 5195 – 08/07/2017 – Sábado Jogo do Bicho

Confira o resultado da Loteria Federal 5195 ,extração nº 5195, que será realizada no dia 08/07/2017(Sábado), às 19:00h, (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte, na cidade de Ubá/MG, sob a supervisão e responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

 

Resultado da Federal 5195

Extração nº 5195

DESTINOBILHETEVALOR DO PRÊMIO
1º PRÊMIO43414R$ 350.000,00
2º PRÊMIO47815R$ 18.000,00
3º PRÊMIO37100R$ 15.000,00
4º PRÊMIO36414R$ 12.350,00
5º PRÊMIO55503R$ 10.073,00
(Séries A e B – 87.000 Bilhetes)

O Bilhete Ganhador do Primeiro Prêmio da Loteria Federal 5195 foi distribuído para: .

domingo, 25 de junho de 2017

São João 2017 Caravana da Rádio Rainha FM - 91.1 Sapucaia e Aguazinha Olinda

   
                 Aconteceu neste Sábado 24 de Junho, dia de São João, a Caravana da Rádio Rainha FM - 91.1 no Bairro de Sapucaia de Fora em Olinda.
Mesmo com pancadas de chuvas, a Caravana que já é Tradição todos os anos, teve um público de cinco Mil pessoas em 2017.
Esteve presente na Festa O cantor Carlinho SOM, MC Vertinho, Dadá Boladão, Cego Abusado entre outros...
Presença e apoio do Vereador de Olinda "Marcio Barbosa" DJ Ceinha, DJ Bruno e na Apresentação Sarita Show.










"VEJA OS VÍDEOS"



sábado, 20 de maio de 2017

Gilmar Mendes promete ajudar Aécio a se Livrar de investigações em Grampo da PF - Ouça a Conversa

Ouça a ligação interceptada pela PF entre Aécio Neves e o ministro Gilmar Mendes


Aécio Neves: Você sabe um telefone que você poderia dar que me ajudaria na condução lá. Não sei como é sua relação com ele, mas ponderando… enfim, ao final dizendo que me acompanhe lá, que era importante… era o Flexa, viu?

Gilmar Mendes: O Flexa, tá bom, eu falo com ele.

(...)

De acordo com o relatório da Polícia Federal, a ligação aconteceu no dia 26 de abril — há menos de um mês, portanto —, no dia em que o plenário do Senado aprovou projeto que determina o crime de abuso de autoridade. A votação em plenário aconteceu momentos após o texto ser aprovado na CCJ.

O projeto de lei, que ainda precisa ser aprovado na Câmara, classifica como crime práticas como: decretar a condução coercitiva de testemunha ou investigado sem prévia intimação ao juízo; fotografar ou filmar preso sem seu consentimento ou com o intuito de expô-lo a vexame; colocar algemas no detido quando não houver resistência à prisão; e pedir vista de processo para atrasar o julgamento.

A atuação do senador afastado Aécio Neves nesse projeto de lei é uma das bases do inquérito que investiga o tucano por obstrução à Justiça. O projeto de lei recebeu fortes críticas da força-tarefa da Lava Jato.

Leia o relato:

Aécio Neves: Oi, Gilmar, alô.

Gilmar Mendes: Oi, tudo bem?

Aécio: Você sabe um telefone que você poderia dar que me ajudaria na condução lá. Não sei como é sua relação com ele, mas ponderando… enfim, ao final dizendo que me acompanhe lá, que era importante… era o Flexa, viu?

Gilmar: O Flexa, tá bom, eu falo com ele.


Aécio: Porque ele é o outro titular da comissão, somos três, sabe, né?

Gilmar: Tá bom, tá bom. Eu vou falar com ele. Eu falei… Eu falei com Anastasia e falei com o Tasso. Tasso não é da comissão, mas o Anastasia… o Anastasia disse “Ah, tô tentando… [incompreensível]... e…

Aécio: Dá uma palavrinha com o Flexa, a importância disso e, no final, dá sinal para ele porque ele não é muito assim… de entender a profundidade da coisa… fala ó “acompanha a posição do Aécio porque eu acho que é mais sereno”. Porque a gente pode fazer no limite. Apresenta um destaque para dar uma satisfação para a bancada e vota o texto… que vota antes, entendeu?

Gilmar: Uhun.

Aécio: Destaque é destaque é destaque… depois não vai ter voto, entendeu?

Gilmar: Unhun, unhun.

Aécio: Pelo menos vota o texto e dá uma…

Gilmar: Unhun.

Aécio: Uma satisfação para a ban… para não parecer que a bancada foi toda ela contrariada, entendeu?

Gilmar: Unhun.

Aécio: Se pudesse ligar para o Flexa aí e fala.

Gilmar: Eu falo pra ele… e falo com ele… eu ligo pra ele… eu ligo pra ele agora.

Aécio: … [incompreensível]... importante

Gilmar: Ligo pra ele agora.

Aécio: Um abraço.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Ibope: Lula é o presidenciável com maior potencial de votos

Pela 1ª vez desde 2015, eleitores que dizem que votariam nele se equivalem aos que não votariam de jeito nenhum.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou do lançamento do 6º Congresso Nacional do PT (Foto: Filipe Araújo/Fotos Públicas)
      Pesquisa inédita do Ibope mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a ser o presidenciável com maior potencial de voto entre nove nomes testados pelo instituto. Pela primeira vez desde 2015, os eleitores que dizem que votariam nele com certeza (30%) ou que poderiam votar (17%) se equivalem aos que não votariam de jeito nenhum (51%), considerada a margem de erro. Desde o impeachment de Dilma Rousseff, há um ano, a rejeição a Lula caiu 14 pontos.

A pesquisa foi feita antes de vir a público a lista do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), com as delações de executivos da Odebrecht que acusaram o ex-presidente de corrupção, junto com dezenas de outros políticos. Se a divulgação das denúncias prejudicou a imagem de Lula (e de outros denunciados), não houve tempo de isso ser captado pelo Ibope.
Os três principais nomes do PSDB, por sua vez, viram seu potencial de voto diminuir ao longo do último ano e meio. Desde outubro de 2015, a soma dos que votariam com certeza ou poderiam votar no senador Aécio Neves (PSDB-MG) despencou de 41% para 22%. O potencial do senador José Serra (PSDB-SP) caiu de 32% para 25%, e o do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) foi de 29% para 22%. Os três tucanos aparecem na pesquisa com taxas de rejeição superiores à de Lula: 62%, 58% e 54%, respectivamente.
O Ibope testou pela primeira vez o potencial do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), em uma eleição para presidente. Embora seja muito menos conhecido do que seus colegas de PSDB (44% de desconhecimento, contra 24% de Alckmin e 16% de Serra e Aécio), Doria já tem 24% de eleitores potenciais (metade votaria com certeza), ou seja, tanto quanto os outros tucanos, levando-se em conta a margem de erro. Mas sua vantagem é ter uma rejeição muito menor que a dos concorrentes dentro do partido: 32%.
Assim como os nomes tradicionais do PSDB, a ex-ministra Marina Silva (Rede) sofreu redução de potencial de voto e aumento da rejeição. Agora, um terço dos eleitores a indicam como possível opção - eram 39% há um ano.
Método
Entre os dias 7 e 11 de abril, o Ibope realizou 2.002 entrevistas face a face, em 143 municípios de todas as regiões do Brasil. A margem de erro é de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. As perguntas eleitorais fizeram parte da pesquisa que o instituto conduz mensalmente com questionário variável, o chamado BUS.
Na pesquisa de potencial de voto, o entrevistador apresenta um nome de cada vez e pede ao eleitor que escolha qual frase descreve melhor sua opinião sobre aquela pessoa: se votaria nela com certeza, se poderia votar, se não votaria de jeito nenhum, ou se não a conhece o suficiente para opinar. É diferente da intenção de voto.
Barbosa
Apesar de ter não contar mais com a projeção e a visibilidade inerente ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa ainda é considerado um candidato viável à Presidência da República por uma parcela considerável dos eleitores. Na pesquisa Ibope, Barbosa aparece com 24% de potencial de voto (soma das respostas "votaria com certeza" e "poderia votar").
O ex-ministro, que se celebrizou ao conduzir o julgamento do mensalão e que se aposentou do STF em 2014, também não sofre com os níveis de rejeição atribuídos aos políticos. Apenas 32% dizem que não votariam nele de jeito nenhum - uma das taxas mais baixas entre as dos nove nomes testados pelo Ibope. Barbosa, porém, não manifestou a intenção de se candidatar em 2018 e nem sequer é filiado a um partido.
O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que tenta se beneficiar da onda de rejeição a políticos - apesar de ser parlamentar desde o começo dos anos 1990 -, aparece com 17% de potencial de voto na pesquisa. Seu possível contingente de eleitores cresceu seis pontos porcentuais desde o ano passado, mas a parcela que o rejeita aumentou ainda mais, de 34% para 42%. 

Fachin pede manifestação de Janot sobre recurso do PSOL para investigar Temer

O partido discorda da visão da PGR de que presidentes contam com "imunidade temporária"
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin (Foto: Nelson Jr/SCO/STF)
         O Ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que se manifeste sobre um recurso do PSOL que pede a inclusão do presidente Michel Temer (PMDB) como investigado em um dos inquéritos abertos com base nas delações da Odebrecht. O partido discorda da alegação da Procuradoria-Geral da República (PGR) de que presidentes contam com "imunidade temporária" e afirma que é possível investigá-lo.
O inquérito em que o PSOL entrou com recurso vai apurar pagamento de vantagens indevidas em um processo licitatório que o Grupo Odebrecht participou dentro do Plano de Ação de Certificação em Segurança, Meio Ambiente e Saúde (PAC SMS).
O único investigado é o senador Humberto Costa (PT-PE), mas o ex-presidente da Odebrecht Engenharia Industrial Márcio Faria da Silva detalhou um encontro no escritório político de Temer, em Alto de Pinheiros, em São Paulo, em 15 de julho de 2010, em que afirma ter sido acertado pagamento de propina de US$ 40 milhões ao PMDB - valor era referente a 5% de contrato da empreiteira assinado com a Petrobras, que totalizava US$ 825 milhões.
Mesmo havendo citações a Temer, Janot alegou "impossibilidade de investigação do presidente da República, na vigência de seu mandato, sobre atos estranhos ao exercício de suas funções", com base no artigo 86, parágrafo 4º, da Constituição Federal.
Fachin, no despacho em que autorizou a abertura do inquérito, não chegou a analisar a argumentação da PGR sobre a não inclusão de Temer no rol de investigados. Apenas chancelou o pedido apresentado em relação ao senador, que nega qualquer irregularidade.
O PSOL quer a revisão e inclusão de Temer como investigado. O partido sustenta que "a imunidade prevista pela Constituição Federal à responsabilização de Presidente da República por ato estranho ao exercício de suas funções não alcança a fase pré-processual" e afirma que um arquivamento referente a Michel Temer "causa inequívoco prejuízo ao direito de toda a população brasileira" de "ver devidamente apurada a existência de infração penal".
Outro lado
Por meio de nota já divulgada, o Palácio do Planalto reforçou que Temer jamais tratou de "negócios escusos". "Como reiterado em outras ocasiões, o presidente contesta de forma categórica qualquer envolvimento do seu nome em negócios escusos." O texto diz ainda que Temer "nunca atuou em defesas de negócios particulares, nem defendeu pagamentos de valores indevidos a terceiros".
Em vídeo publicado nas redes sociais do Planalto no último dia 13, Temer admitiu que participou de uma reunião, em 2014, com Marcelo Odebrecht, mas nega que tenha solicitado propina. "A mentira é que nessa reunião eu teria ouvido referência a valores financeiros ou a negócios escusos da empresa com políticos", afirma o peemedebista no vídeo.
A defesa de Humberto Costa também nega irregularidades.
"O senador, que espera a conclusão de inquérito aberto há mais de dois anos pelo STF, e para o qual a Polícia Federal já se manifestou em favor do arquivamento, aguarda ter acesso aos novos documentos para reunir as informações necessárias à sua defesa.
O senador, que já abriu mão de todos os seus sigilos, se coloca, como sempre fez, à disposição das autoridades", diz em nota.